Unlimited WordPress themes, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Game Development
  2. Business
Gamedevelopment

Trabalhando remotamente: construindo um time de desenvolvimento do jogos Indie

by
Length:LongLanguages:

Portuguese (Português) translation by Jonathan Ramos (you can also view the original English article)

É difícil trabalhar com pessoas que você nunca esteve cara a cara, mas como geralmente uma startup indie não tem uma base de operações, você muitas vezes vai ter que trabalhar com pessoas que você não pode fiscalizar, além de usar a internet tanto para encontrar potenciais candidatos quanto para comunicar-se. Neste artigo, examinaremos o delicado processo de contratação de um novo membro da equipe, incluindo como se preparar para o processo e potenciais armadilhas que possam surgir, e concluiremos com uma lista de recursos (em grande parte) gratuitos, que você pode usar para encontrar o próximo membro do seu time cinco estrelas.

Imagem: Team por Björn Andersson do site Noun Project.


Avalie suas necessidades

Um dos maiores erros que uma empresa de desenvolvimento de jogos pode fazer é contratar empregados sem primeiro avaliar suas necessidades. O problema com esta abordagem é que a maioria dos desenvolvedores de jogos subestimam seus próprios jogos, e por conta disso, o número de pessoas e a quantidade de dinheiro que eles precisam.

Para evitar isto, faça questão de criar um game design document. Um bom GDD permitirá que você facilmente determine o tipo de assets que você precisa para dar vida a sua imaginação. Também vai fornecer a você uma noção de quantos e quais tipos de assets serão necessários. Dica: provavelmente vai ser mais do que você pensa.

Com seu GDD em mãos, o próximo passo é determinar quais áreas você já cobre. Já tem um artista? Ótimo, mas antes de rejeitar a ideia de contratar outro, converse com seu artista principal e juntos descubram quantos assets o artista pode entregar em um determinado prazo. Se você tem a ambição criar milhares de animações originais com 16 frames, e seu artista de meio-período acha que consegue entregar só cinco por semana, você deve considerar buscar alguma ajuda pra ele.

E se seu artista incrível de sprites tem pouca ou nenhuma experiência para criar sprites, ou até mesmo arte 3D? Neste caso, você certamente precisará contratar alguém capacitado. Nunca contente-se com alguém que não possui experiência no papel que você quer preencher, especialmente se eles estejam sendo pagos. Isso só vai te causar mais dores de cabeça a causar atrasos, o que pode sair caro.

Tomar as medidas acima mencionadas não só ajudará você a ter uma imagem clara dos pontos fortes e fracos da sua equipe, como também irá ajudá-lo a escrever anúncios de emprego mais precisos, permitindo que você tenha uma melhor ideia do seu orçamento — que é especialmente importante se você estiver planejando uma campanha no Kickstarter. Mas antes de sair e começar a entrevistar quem nunca rabiscou Sonic the Hedgehog em uma folha de papel, registre sua equipe de desenvolvimento como uma empresa. Isto irá permitir que você mantenha o controle de suas finanças, dará a sua equipe um pouco mais de credibilidade e dará direito a uma tributação mais leve para a sua empresa. Dinheiro extra é uma coisa boa.


Escrevendo um anúncio de emprego

A chave para escrever um anúncio de emprego está nos detalhes. Todas as suas necessidades de contratação devem ser enunciadas em linguagem simples, e as questões mais comuns devem ser simples e diretas.

No mínimo, os seguintes itens devem ser facilmente localizados no corpo do seu anúncio:

  • Nome da empresa: isso é óbvio.
  • Nome do projeto: se você não tiver um, substitua pelo título da função ou simplesmente uma frase: "será determinado posteriormente."
  • Breve descrição do projeto: coisas importantes para incluir aqui são: gênero, 2D ou 3D, influências.
  • Estrutura do time e quanto tempo vocês trabalham juntos: algumas equipes optam por não mencionar isso, mas sinto que dá uma sensação maior de envolvimento do candidato.
  • cargo e descrição: escreva o máximo possível. "Pixel Artist responsável pela criação de 100 sprites animados baseado em arte conceitual" é muito mais do que dizer "Artista de Sprite". Se a descrição do trabalho é extensa, use marcadores ou listas numeradas.
  • Remuneração: Se você tem um número específico em mente, sinta-se livre para escrevê-lo, mas você não tem nenhuma obrigação. No entanto, confirme que é um trabalho pago.
  • Informações de contato: não se esqueça disso. A maioria dos fóruns não vai permitir que candidatos candidatem-se diretamente aos anúncios de emprego. É recomendável que você forneça um endereço de e-mail e não seu nome Skype (ou outro aplicativo). Guarde isso para as rodadas posteriores.
A portion of an actual job listing for our game Hiro Fodder A Blue Hope

Uma parte de um anúncio de emprego real para nosso jogo, Hiro Fodder: A Blue Hope

Para o seu cabeçalho, o seguinte formato costuma funcionar:

[PAGO/NÃO PAGO] [Nome do time] procura [título do trabalho] para o próximo [nome do projeto ou gênero]

Você provavelmente vai postar a oferta em fóruns populares de desenvolvimento de jogos, sites de freelancer, grupos de programadores ou artistas e no site da sua empresa (você tem um, certo?), bem como links para o seu anúncio em redes sociais. Vamos dar uma olhada em alguns detalhes um pouco.

Dica: alguns fóruns exigirão que você siga um modelo mais rigoroso. Apesar das informações listadas acima serem suficientes na maioria das vezes, alguns moderadores são mimados e querem as coisas exatamente da maneira que eles especificam. Ofertas de trabalho normalmente são indicados por um sticky.


Reduzindo o seu grupo de candidatos

Fato: existem mais programadores, artistas e músicos do que vagas de programação, de arte ou de música. Dito isto, se você está pagando um valor que considera ser justo, espere receber uma tonelada de candidaturas.

Sua tarefa seguinte é separar o spam e os candidatos não qualificados dos grandes diamantes. Na seleção de candidatos, considere seguir algumas orientações básicas:

  • Apenas atenha-se a e-mails que estão bem escritos, e que especificamente atendem as suas necessidades. Infelizmente, cerca de metade dos e-mails que você vai receber são de pessoas que nem leram a descrição da vaga. Chamamos esses caras de candidatos frequentes, porque eles parecem candidatar-se a todos os trabalhos disponíveis no fórum com a mesma resposta genérica. Evite os candidatos frequentes como se fossem uma peste. Se eles não dedicam tempo para ler seu post, por que você deve dedicar tempo para ler o e-mail deles?
  • Se um candidato não possui a experiência necessária, ou se sua especialidade for uma área diferente de conhecimento do que você está procurando, você terá que recusá-lo. Alguns candidatos vão tentar convencê-lo que eles são capazes de aprender novas habilidades no trabalho. Enquanto isso pode muito bem ser verdade, você não está pagando alguém para aprender uma nova profissão.
  • Candidatos sérios vão chamar a atenção para suas realizações anteriores, currículos e portfólios. Quanto mais informações eles fornecem, mais facilmente você será capaz de determinar se eles são adequados para o trabalho. Leve esses candidatos mais a sério. Se tiver feito parte de uma equipe que lançou um produto comercial, ainda melhor.
No no no

Não, não, não!

Gostaria de salientar que se você estiver com um orçamento restrito, ou se este é seu primeiro jogo, convém diminuir os requisitos um pouco. Há muitos programadores competentes, músicos e artistas que nunca tiveram a oportunidade de trabalhar em um jogo. Se você é novo no campo, considere um deles para dar uma chance. Além disso, será que você realmente precisa contratar o artista líder de Skyrim para desenvolver um jogo indie pequeno? Enquanto eles te mostram amostras de seu trabalho e parecem muito entusiasmados com o projeto, não recuse-os imediatamente.


O processo de entrevista

Ah, o temido processo de entrevista. Você já deve ter ido em alguma antes, mas raramente conduziu uma. Poderoso, não é? Antes que você comece a suar a cabeça, lembre-se que os melhores candidatos estão quase sempre com demanda e talvez precisem menos de você do que você precisa deles. Desculpe por desinflar seu ego.

Entrevistas não precisam seguir um conjunto de regras. Geralmente, elas começam formais e acabam completamente casuais. É tão importante ter uma intuição do candidato quanto avaliar suas capacidades. Com isso em mente, aqui estão algumas perguntas que eu faço aos meus candidatos:

  • Sua disponibilidade e fuso horário: se você posta um anúncio de emprego na internet, espera receber candidaturas de pessoas do mundo todo. Se o candidato está disponível apenas durante as horas que você está dormindo, sua relação de trabalho provavelmente vai sofrer. O candidato ideal é flexível e estará disponível via Skype ou e-mail nos mesmos períodos em que você está.
  • Seus interesses em jogo: quando você entrevista alguém, você provavelmente já terá uma ideia do que eles são capazes. Ao invés de repetir a mesma informação, passe pelo menos uma parte da entrevista a fazer perguntas sobre seus gêneros de jogos preferidos, seus jogos favoritos e principais influências. Fãs de tiro em primeira pessoa não vão sentir-se apaixonados por JRPG como alguém que cresceu jogando Chrono Trigger. É melhor saber esses tipos de coisas antecipadamente.
  • Sua experiência prévia em trabalhar com jogos: falar brevemente sobre as suas funções em outras equipes de desenvolvimento, se for o caso.
  • Seus requisitos de salário e estimativas de tempo: mesmo que um candidato pareça perfeito, não contrate-o, a menos que você saiba que você pode comprá-lo. Além disso, tente determinar quão rapidamente eles podem produzir assets, perguntando-lhes um pouco sobre os seus métodos e processos. E não tenha medo de negociar.

Haverá momentos que alguém da sua equipe também deve ser envolvido no processo de entrevista. Por exemplo, se você precisa de um programador, mas nunca escreveu uma linha de código desde a escola, considere chamar seu programador líder (se tiver) para lidar com as questões mais técnicas.

Acho que realmente não importa se são realizadas entrevistas via chat, voz ou vídeo, desde que ambas as partes se sintam confortáveis com o modo selecionado de comunicação.


Bandeiras vermelhas comuns

A maioria das equipes de desenvolvimento de jogos indie já contratou pelo menos uma pessoa que mentiu suas habilidades, não cumpriu os prazos programados ou, pior ainda, os enganou por dinheiro. O problema é que, toda vez que você contrata um funcionário que acaba por ser alguém que eles não são, adivinha quem sofre? Eu vou te dar uma dica; certamente não são eles.

Para evitar tornar-se vítima de funcionários decepcionantes, mal informados ou inexperientes, procure por bandeiras vermelhas que desacreditam um empregado ou o colocam em uma posição potencialmente desconfortável.

Desconfie de:

  • Os candidatos que estão dispostos a trabalhar de graça: tão insano quanto possa parecer, contratar alguém que está disposto a trabalhar para uma empresa de desenvolvimento de jogos desconhecida em troca de nenhuma compensação monetária é uma má ideia. Funcionários não-pagos não tem nenhuma obrigação de trabalhar para você. Eles não estão sob contrato e trabalham quando lhes convém. Para agravar o problema, empregados não-pagos estão, geralmente, apenas à procura de experiência de trabalho em um jogo e normalmente ainda precisam desenvolver um monte de habilidades.
Nota: se você for um desenvolvedor conhecido e quer contratar um estagiário não-pago, para depois decidir se deseja-o em tempo integral, é um cenário diferente. Caso contrário, evite a contratação de pessoas que dizem que estão bem com trabalhando de graça, independentemente de quão tentador possa ser. Profissionais qualificados não vão vender-se tão barato e trarão significativamente mais valor à sua equipe.
  • Os candidatos que estão dispostos a trabalhar por uma parte do rendimento: Este é um cenário perde-perde. Os funcionários devem se sustentar no fato de que o jogo vai ganhar dinheiro suficiente para fazer o esforço valer a pena. Se a qualquer momento eles começarem a perder a fé, eles vão pensar em abandonar o barco. Além disso, enquanto eles estão trabalhando no jogo, eles provavelmente vão ter que fazer outra coisa para ganhar uma coisa chamada dinheiro. Como resultado, eles gastarão menos tempo trabalhando para você e mais tempo pagando as contas. Para desenvolvedores de jogos, o único benefício é que eles vão economizar os custos iniciais. Mas e se o jogo ganhar render muito dinheiro? Evidentemente, este não é o pior problema que pode acontecer, mas ter o hábito de dar uma enorme quantia de dinheiro da empresa para alguém que você nunca trabalhou junto antes, não é uma boa prática.
  • Artistas golpistas: este é bastante óbvio e pode ser facilmente evitado através da realização de uma pesquisa completa sobre qualquer funcionário em potencial. Comece verificando o perfil deles do LinkedIn e veja se a experiência listada condiz com o que estava escrito nos e-mails ou durante a entrevista. Dê pontos extras para os candidatos com recomendações e/ou menções. Em seguida, execute uma busca no Google. Se os candidatos aparece num Ripoff Report, ou se existem quaisquer outras contas de comportamento suspeito listado nas primeiras páginas, recuse o candidato imediatamente.
Ripoff Report Exposing fraudulent pixel artists since 1998
Ripoff Report: expondo Pixel Artists golpistas desde 1998.
  • Fazendas de conteúdo: A maioria das candidaturas que você recebe provavelmente serão de empresas que produzem assets massivamente. Embora eles sejam significativamente mais baratos do que, digamos, um profissional vivendo na cidade de New York, fazendas de conteúdo brigam por contatos, sobrecarregam-se com trabalho e geralmente não se sentem apaixonados pelo que fazem. Eles fornecem um serviço: trabalho braçal. Nada mais, nada menos. Existem exceções, mas não o suficiente para justificar a sua contratação.
  • Orgulhosos: lembro que entrevistei um determinado sujeito que alegou que estava trabalhando em uma engine que seria melhor do que Unreal, tudo isso sozinho. A entrevista terminou pouco tempo depois. É por esta razão que eu enfatizo verificar o passado com um profissional confiável antes de cair na conversa de um candidato. Grandes orgulhos podem te iludir; é seu trabalho diferenciar as expectativas ambiciosas das irrealistas. 
  • O funcionário por hora: contratar um novo funcionário com base em valor/hora pode parecer uma estratégia razoável, e é — para o empregado. Até que você tenha uma melhor sensação de entrega do seu empregado, é melhor pagá-lo por meta. Isso incentiva o empregado a trabalhar mais eficientemente e concede-lhe a segurança adicional de saber quanto cada tarefa vai custar. Caso contrário, você terá que lidar com um elevado nível de variação no orçamento. E também, alguns funcionários podem cobrar por mais horas do que eles realmente trabalharam.
Nota: sites como Elance e Upwork têm softwares que tiram fotos da área de trabalho do funcionário e enviam pra você, mas isso só resolve parte do problema. Além disso, você realmente quer ser a babá dos seus empregados? Alguns funcionários não concordarão com um sistema de metas, porque eles dependem um salário fixo. Retruque dizendo que você vai pagar um valor fixo por hora assim que eles atingirem os primeiros objetivos.
  • O funcionário "pagamento adiantado": sob nenhuma circunstância você deve pagar adiantado para um funcionário. No que diz respeito ao processo de contratação, é o maior erro que um novato pode fazer. funcionários que provaram seu valor talvez mereçam um pagamento adiantado, mas nunca o novato.
  • Os funcionários que se recusam a assinar um contrato: outra maneira de deixar-se altamente vulnerável é contratar alguém antes que eles assinem um contrato e um NDA (acordo de não divulgação.) No caso em que o funcionário desaparece, perde o interesse ou não pode cumprir as suas obrigações, um contrato assinado permitirá que você possa assegurar-se. O NDA evita que a ideia dos desenvolvedores de jogos sejam roubadas. Seu valor é bastante óbvio. Você deve considerar buscar aconselhamento jurídico antes de redigir um contrato ou NDA.

Contratação de recursos

  • DeviantART: tem uma grande variedade de artistas, muitos dos quais são artistas de jogos. Você provavelmente vai receber um monte de spam, mas você pode ter sorte. A grande vantagem do DeviantART é que você pode ver o portfólio do artista no site. Sinta-se livre para enviar mensagens privadas aos artistas, se você acha que pode ser um bom colaborador.
DeviantART forums A great place to find your next artist Beware excessive use of anime
Fóruns do DeviantART: um ótimo lugar para encontrar seu próximo artista. Cuidado com o uso excessivo de anime.
  • Pixel Joint e Pixelation: só use esses sites se você estiver procurando um artista de sprites 2D. Se este é seu primeiro jogo, há uma boa chance que você esteja procurando por isso. Ambos os sites possuem um fórum para trabalhos.
  • Elance, Upwork, Guru e Rent a coder: esses sites funcionam como um intermediário entre os contratantes e os freelancers. O contratante envia uma oferta de emprego e os freelancers enviam seus lances. A vantagem disto é que todas as transações financeiras são tratadas através do site, reduzindo significativamente o risco. Também, requisitos de salário são tratados antecipadamente, anulando muitas vezes o difícil processo de negociação. Por outro lado, os candidatos tendem a ser um pouco mais fracos, e você vai ter que pagar uma quantia nominal para uma assinatura premium.
  • Gamedev.net: um site de recursos educativos, Gamedev.net dispõe de um fórum de trabalho relativamente ativo. Desenvolvedores independentes de jogos podem pagar $7,00 para ter seu anúncio em destaque no site. Não crie muitas expectativas, propostas de melhor devem aparecer em outros sites. Este é provavelmente um dos melhores sites na web para encontrar programadores.
  • IDevGames: um site específico para Mac e iOS, é útil para encontrar pessoas para seu próximo aplicativo móvel.
  • Twitter e Facebook: já que geralmente você não vai querer sujar suas redes sociais com um monte de ofertas de emprego, você pode usá-las para divulgar para seus anúncios de emprego em fóruns e sites de freelance.
  • Reddit: provavelmente melhor para ver as vagas disponíveis do que postar uma, reddit tem uma seção específica de classificados de desenvolvedores que vale a pena pelo menos conferir.
  • Kickstarter: Acredite ou não, Kickstarter não é o pior lugar para encontrar o seu próximo empregado. Muitos dos seus apoiantes estão dispostos a ajudar diretamente, ou talvez alguém conheça uma pessoa. É como um jogo, já que a maioria dos investidores não será capaz de oferecer serviços essenciais, dê ouvidos a eles. Afinal de contas, eles te dão dinheiro.

Conclusão

Se houver um pequeno conselho que posso oferecer aos desenvolvedores de jogos no mercado para expandir sua equipe, seria para sempre agir com precaução. Quanto menor for seu time de desenvolvimento, mais importante será cada nova contratação.  Isto é agravado pelo fato de que você terá que investir um alto grau de confiança em quem você contrata. Mas, com uma avaliação adequada de suas necessidades e o conjunto de habilidades e personalidade do candidato, você deve ser capaz de encontrar alguém que irá facilitar a criação de seu título.

Advertisement
Advertisement
Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.