Unlimited WordPress themes, graphics, videos & courses! Unlimited asset downloads! From $16.50/m
Advertisement
  1. Game Development
  2. Roundups

16 Dicas, Ferramentas e Recursos para Sua Próxima Game Jam

by
Read Time:11 minsLanguages:

Portuguese (Português) translation by Marcos Fuchter Leandro (you can also view the original English article)

Game jams explodiram em popularidade. O que costumava principalmente ser eventos pequenos hospedados localmente agora são encontros massivos de desenvolvedores de jogos ao redor do mundo. Há uma boa razão para isso: game jams são uma ótima maneira para desenvolvedores experimentar com novas ideias e flexionar seus músculos criativos e técnicos. Para tirar o maior proveito da sua experiência em game jam, eu compilei uma lista de dicas, ferramentas e recursos que deveriam ajudar as coisas a fluir.


Antes de Começarmos, O Que É uma Game Jam?

Uma game jam é um evento onde participantes tentam fazer um jogo de vídeo game o mais rápido possível. A maioria das game jams se passam em um único fim de semana, onde todos tem 48 horas para tentar fazer um jogo geralmente baseado em um tema secreto que é ou votado ou escolhido pelos organizadores. O tema é usado como uma limitação que encoraja pensamento criativo.

Temas de game jams passadas incluiram tudo de conceitos simples como medo, ilhas, e escuridão, até expressões abstratas como ouroboros, construa o nível que vai jogar, e manipulação do tempo.

Algumas jams tem um elemento competitivo -- esse tipo de jam é referida como uma "compo" -- enquanto outras não tem vencedores ou perdedores e são simplesmente uma coisa legal de se fazer. Alguns eventos patrocinados tem até prêmios, e muitas votações categóricas de jogos para declarar o vencedor em várias categorias, mas o consenso geral é que game jams são primariamente feitas puramente pela diversão. O verdadeiro "prêmio" é seu jogo finalizado.

Look at all the happy coders. (Image by menno.deen)Look at all the happy coders. (Image by menno.deen)Look at all the happy coders. (Image by menno.deen)
Veja todos esses programadores felizes. (Imagem por menno.deen)

Pessoas que tomam parte em muitas game jams fazem isso mais pelo direito de se gabar, o orgulho em completar um jogo, ou no prazer de criar sua obra e buscar inspiração em um fim de semana maluco de longas noites e prototipação rápida.

Embora hajam eventos de equipes, jams que duram períodos estendidos de tempo (como um mês inteiro), e jams que são dadas em locais públicos por grandes números de pessoas, o tipo mais comum de game jam é o que é feito sozinho, em casa, em um único fim de semana.


Dicas

1. Coma, Durma e se Exercite

Give the energy drinks a miss. (Photo by Austin Kirk)Give the energy drinks a miss. (Photo by Austin Kirk)Give the energy drinks a miss. (Photo by Austin Kirk)
Esqueça os energéticos. (Foto por Austin Kirk)

Essa é a primeira dica nessa lista porque é sem dúvidas a mais importante. Quando é mostrado um prazo de quarenta e oito horas para fazer um jogo, a reação inicial da maioria das pessoas é querer pedir algumas pizzas, estocar alguns energéticos, e se trancar em um quarto durante toda a duração. Essa é uma má ideia.

Fazer jogos é trabalho cerebral e você simplesmente não pode fazê-lo efetivamente por dois dias sem interrupção. Quanto mais descansado você estiver e bem alimentado melhor seu trabalho. Vinte quatro horas de trabalho efetivo de cabeça limpa por dois dias vai te levar muito mais longe do que uma inicial dez horas de trabalho sólido seguido de trinta e oito horas de trabalho exausto guiado a cafeína.

Quanto a exercício, não é absolutamente necessário; tenho certeza que todos nós já passamos dois dias em algum ponto da nossa vida sem nos exercitar, game jam ou não. Entretanto, quando você está atacando um problema difícil que você simplesmente parece não conseguir resolver, poucas coisas ajudam mais que ir correr ou andar de bicicleta pra limpar a cabeça. Não importa quão bem descansado ou alimentado você está, ficar confinado por quarenta e oito horas pode levar a um espaço mental confuso que torna difícil fazer um bom trabalho.

2. Quando em Dúvida, Faça 2D

Which one looks more complicated?Which one looks more complicated?Which one looks more complicated?
Qual parece mais complicado?

Essa dica é simples: se você está debatendo sobre fazer ou não um jogo 2d ou um jogo 3d, faça um jogo 2d. Trabalhar em três dimensões adiciona um nível extra de complexidade para a arte e programação, e o resultado quase nunca vale a pena. Você pode se destacar mais com um jogo completamente 3D, mas ele provavelmente não vai ser tão bom de jogar, e você provavelmente terá que gastar mais tempo trabalhando em funcionalidades básicas e muito menos experimentando com novas mecânicas divertidas.

3. Mantenha as Coisas Simples

Quando estiver planejando o design do seu jogo, lembre-se que mecânicas simples que funcionam bem são infinitamente melhores que complexas que não funcionam. Não planeje colocar multijogador, IA complexa, cenas de corte ou um motor de física.

De fato, quando estiver projetando seu jogo, eu recomendo tentar pensar em algo que você acha que poderia facilmente completar em apenas vinte e quatro horas, em vez das completas quarenta e oito. As coisas quase sempre levam mais tempo do que você antecipa, e há uma boa chance de que você mal vai terminar até o final das quarenta e oito horas. Se por alguma razão você fez tudo mais rápido então agora você tem muito mais tempo para polir seu jogo, e polimento é o que separa os bons dos ótimos.

4. Programe para Funcionalidade, Não para uma Base de Código Bonita

Quanto mais você aprende sobre programação mais você passa a apreciar a importância de um código limpo e bem estruturado. Você aprende os perigos de blocos if massivamente aninhados e a bonita simplicidade que vem com estruturas de herança bem executadas.

Esqueça isso.

Você só tem quarenta e oito horas, e você precisa que as coisas aconteçam. Não perca tempo configurando classes versáteis com mínimas redundâncias, em vez disso programe para funcionalidade.

Pode ser difícil entender seu código quando você olhar para ele uma semana depois, mas você vai conseguir os melhores resultados no momento, e em uma game jam isso é o que conta. Se você quiser continuar seu projeto depois, você pode arrumar as coisas retroativamente. É um tanto trabalhoso, mas é trabalho que você não deveria estar gastando em uma ação de quarenta e oito horas.

5. Tenha uma Ideia do Que Está Fazendo Antes de Entrar no Computador

Isso pode ser senso comum para os mais experientes de vocês por aí, mas é um grande armadilha que pega muitos novatos em game jams. Com apenas quarenta e oito horas para fazer algo, as pessoas estão inclinadas a ir ao trabalho imediatamente. Isso frequentemente significa pular no computador assim que o tema é anunciado e começar a escrever um pouco de código.

Porque fazer isso? Você não descobre o que é que está fazendo em meio segundo após o anúncio do tema e você certamente não vai descobrir enquanto vai. Tome algum tempo para decidir exatamente o que é que você vai tentar fazer, ter algo específico em mente quando você entra no computador pela primeira vez, e veja o que acontece daí. Para uma olhada mais aprofundada nesse tópico veja O Que Fazer Antes Mesmo de Tocar no Computador (mas tenha em mente que suas sugestões podem ser demais no contexto de uma game jam)

6. Garanta que Seu Jogo É Facilmente Distribuível

Make sure your game runs on these. (Opera optional)Make sure your game runs on these. (Opera optional)Make sure your game runs on these. (Opera optional)
Garanta que seu jogo rode nesses. (Opera opcional)

Você não é o único participante em qualquer game jam; vão ter muitos jogos, e as pessoas jogando eles vão ter muito o que escolher. É aqui que distribuição é importante: com tantas escolhas de jogos com tanta variedade de qualidade, jogadores não vão querer investir muito tempo em configurar um jogo específico.

Idealmente, seu jogo deveria ser jogável um click após a página de submissão. Obviamente jogos em browser são os melhores para isso, mas um executável standalone pode funcionar bem também. Evite requirir que seu jogador baixe algum tipo de framework ou plugin que ele pode ainda não ter, e sob nenhuma circunstância faça seu jogo precisar de instalação. Se verem que seu jogo toma muito tempo pra configurar, a maioria das pessoas vai simplesmente passar direto dele e tentar outro jogo que dá muito menos transtorno. Escolha sua plataforma de desenvolvimento de acordo.


Ferramentas

1. Bfxr/as3sfxr

bfxr_screenshotbfxr_screenshotbfxr_screenshot

Bfxr é uma ferramenta boa, pequena e grátis para facilmente fazer efeitos sonoros no estilo retro. Ele oferece tipos de efeitos sonoros pré-estabelecidos para você escolher e uma interface fácil de usar para mexer nesses sons para ficarem exatamente como quiser. As3sfxr, por outro lado, é um simples port ActionScript 3 do sfxr (o predecessor do Bfxr) que permite que você dinamicamente crie efeitos sonoros usando os mesmos parâmetros do Bfxr, o que é bem útil para quando você quer randomizar um aspecto de um som comumente usado.

Veja o artigo sobre Bfxr e seus programas irmãos para começar com a ferramente.

2. Ogmo Editor/Tiled Editor/Dame Editor

ogmo-editor-screenshotogmo-editor-screenshotogmo-editor-screenshot

Aqui há três editores de níveis grátis e fáceis de usar com exportadores versáteis que os permite se encaixar no fluxo de trabalho de quase qualquer projeto. Em vez de fazer seu próprio editor de níveis, usar um desses para começar pode te dar uma grande economia de tempo. Quem sabe, você pode até descobrir que eles tem todas as funcionalidades que você procura.

Temos guias para ambos Ogmo e Tiled nesse site, então eu te encorajo a dar uma olhada.

3. Pixen/GraphicsGale/Aseprite

pixen_screenpixen_screenpixen_screen

Esses três editores de gráficos são incrivelmente úteis quando se está fazendo jogos em pixel art. Todos eles tem suporte a sprite sheets assim como um leque de outros aspectos úteis para se descobrir.

Meu favorito pessoal aqui é o Pixen por sua interface minúscula e extremamente limpa, mas não é grátis e funciona apenas em OS X; GraphicsGale também custa dinheiro e é apenas para Windows. Aseprite funciona em qualquer um e é grátis, então dê uma olhada se você, como a maioria das pessoas, não gosta de gastar dinheiro.

4. Blender

blender_screenblender_screenblender_screen

Blender é a ferramenta quintessencial para fazer gráficos em 3D por zero dólares. É um dos programas de modelagem 3D mais fáceis de usar por aí, assim que você passar da confusão inicial que você terá com a interface, e é surpreendentemente robusto por seu preço. Fica o aviso, entretanto, modelagem 3D é bem difícil e mesmo um programa elegante como Blender não consegue mudar isso.

5. Musagi

musagi_screenmusagi_screenmusagi_screen

Da mesma mente por trás de sfxr temos musagi, uma ferramenta relativamente simples para fazer suas próprias músicas chiptune. Assim como modelagem 3D, o termo "relativamente" é bem importante aqui. Fazer músicas pode ser difícil e musagi não pode mudar isso, mas se você tem as habilidades necessárias pode ser um grande utilitário para fazer músicas bem rápido.


Recursos

1. OpenGameArt.org

Open Game Art é um ótimo recurso para arte de video game gratuita (dê uma olhada). Com tudo desde sprite sheets a modelos 3D até música e efeitos sonoros, esse site é um recurso inestimável se você não é de inclinação artística. Eu recomendo fortemente que você dê uma olhada.

2. NoSoapRadio.us/Incompetech.com

Esses são dois recursos úteis com músicas grátis para usar no seu jogo. No Soap Radio é particular nas suas características de busca, que permitem que você escolha músicas baseadas em atributos como o tipo de jogo que está fazendo e onde a música estará tocando no seu jogo. Incompetech é um banco de dados muito mais padrão, mas se você é capaz de achar o tipo de música que está buscando, a música é geralmente de qualidade muito melhor.

Ambos os recursos são úteis para aqueles menos inclinados musicalmente e podem realmente aumentar a qualidade de um jogo, já que áudio é um dos pilares de uma experiência de um jogo.

3. FlashKit.com

Esse site tem um enorme repositório de ambos sons no estilo retro e sons mais realistas para usar em seu jogo. Eu pessoalmente prefiro usar o Bfxr se estarei fazendo efeitos sonoros retro, mas FlashKit é inestimável quando tento fazer um estilo mais realista. (A não ser é claro que você tenha um ótimo microfone e uma sala a prova de som para gravar um som de sirene de polícia.)

4. CGTextures.com

CGTextures é exatamente o que parece: um site cheio até a boca com texturas para usar em vários modelos 3D. A maioria das texturas são grátis, e elas são de muita qualidade. Se você está indo pela rota 3D, esse site pode ser um economizador de tempo massivo, embora você precise de uma conta para usá-lo.

5. Orteil's Game Idea Generator

Se você está realmente empacado e não consegue achar ideias para o que você quer fazer, você pode querer dar uma olhada nesse site. Embora acerto ou erro, esse site pode frequentemente gerar algumas ideias legais de jogos que podem ser ambas originais e hilárias. Dê uma olhada quando todo o resto falhar.


Conclusão

Então essas foram minhas 16 dicas, ferramentas e recursos para ter sucesso na sua próxima game jam. Faça bom uso delas e eu garanto que você verá algumas boas coisas vindo nas suas futuras game jams. Se você quer ler mais sobre o assunto dê uma olhada no nosso outro artigo: Como Tirar o Maior Proveito de uma Game Jam.

Advertisement
Advertisement
Looking for something to help kick start your next project?
Envato Market has a range of items for sale to help get you started.